"É melhor ser alegre do que triste, alegria é a melhor coisa que existe!"

domingo, junho 11, 2006

o mal do século

Nos últimos tempos explodiram noticias na mídia sustentadas na estatística de que há mais ou menos 7 mulheres para cada homem.
Os homens irão perguntar onde estão suas outras 6 mulheres, outros ainda perguntarão - cadê as 7? Há uma discussão em torno da escassez da espécie masculina na terra.
Algumas matérias mostraram que o problema é devido à má distribuição, sim!
Há locais em que sobram homens, outros sobram mulheres.

Será isso campanha para o turismo nas regiões de má distribuição?
Não sei. Não tenho dados concretos. Mas podemos tentar um intercambio...

Mas é engraçado como o assunto entre mulheres solteiras gira em torno disto, principalmente nesta época, em que mais uma data criada pelo comércio se aproxima.
É no dia 12 de junho que o mercado te cobra por você não estar namorando.

Como assim não está?
Você precisa gastar um pouco mais comprando um presente em junho para aquecer as vendas...
Algumas solteiras constrangidas pela repórter no telejornal de ontem, ao responderem que estavam solteiras, diziam – quem sabe ano que vem, né?

Numa época em que as famílias não oferecem mais dotes e nem fazem acordos prometendo suas filhas a filhos de famílias amigas [com a exceção, claro, de algumas sociedades em que a cultura continua facilitando o matrimonio, onde o casamento ainda é visto como um acordo entre famílias] as mulheres interessadas em formar família, casando, tendo filhos, estão enfrentando este grande problema de escassez.
Para onde foram os homens? Será que foram abduzidos?

E o interessante é que na minha roda de amigas solteiras, só vejo mulheres interessantes, inteligentes, bonitas, realmente bonitas! reclamando da escassez de homem no mercado.

Ai, ai, penso – Se elas reclamam o que resta pra mim, totalmente fora dos padrões de beleza almejados e publicizados nas milhares capas de revistas pelo mundo.

Será que não é culpa das estratégias ou dos nichos que estão buscando atingir? Vai saber. Quem sabe um outro planejamento, uma pesquisa de mercado que aponte um nicho que ainda possa ser explorado.

E o local? Será que estão buscando nos lugares certos? Ninguém sabe mais.

Fala-se na grande concorrência. Há muitas mulheres bonitas, principalmente em Porto Alegre. Principalmente! [ aproveito e já faço uma propaganda, quem sabe].
A reclamação é geral. Em coro ao redor da mesa de bar desabafam


– Saímos para uma festa e encontramos milhares de mulheres, todas lindas!

Segundo elas, isso independe do lugar que se vai, desde Cidade Baixa a Calçada da Fama.

Eu até concordo que há realmente muitas mulheres bonitas aqui, nas festas realmente encontramos sempre muitas, mais muito mais fácil encontrar elas na calçada da Fama!
Melhor para nós, frequentadoras da Cidade Baixa, brinco sempre ...
Sim afinal temos que rir. As mais pessimistas diriam – Rir para não chorar ...

E agora, 12 de junho, quando todas as propagandas mostram casais apaixonados e quanto é importante ter um namorado para presentear, as solteiras, coitadas, sofrem!
E quem tem uma família tipo a minha, quase Grega então, nem se fala!
As minhas tias e primas, engraçado que principalmente as da família do meu pai, que não tem raízes tão gregas assim, andam numa preocupação só comigo.
Elas precisam me casar. Devem falar que já fiquei pra tia!

É muito engraçado vê-los em campanha.
Só falta pedirem currículos de possiveis pretendentes num anúncio no jornal
[olha, não tinha pensado nisso, será que surte efeito?]
Nas reuniões familiares a pergunta é sempre a mesma desde sempre
- Como vão os namorados?
E eu, pergunto sempre pra eles - namorados?

porque a pergunta no plural, nunca entendo, prefiro o singular.
Mas parece que ninguém entende ...

Pertenço ao grupo de solteiras, fazer o que?
Só não consigo me incluir no grupo – solteira procura -

Não que eu não queira alguém do meu lado, só não tenho paciência para a procura [talvez seja mais uma fase, mas – cansei.]
Não gosto de me sentir numa "prateleira", concorrendo pelo rótulo. Quero mais que isso.

Enquanto isso continuo com meus questionamentos, em busca do riso com as gurias
- Será que teremos de criar regras para a preservação da espécie masculina em extinção?

Brincadeiras à parte ... é sempre bom ter alguém para presentear, dividir, admirar, beijar, conversar, amar... seja qualquer dia!

11 comentários:

Sean Hagen disse...

*



caramba, vc notou o tamanho desse texto?
foi o maior que vc já fez.
freud explica?

agora vamos por os pingos nos Is:
- primeiro, vc quer elogio, né, bela?
que papinho bobo de "fora dos padrões" é esse?
como se não recebesse um monte de elogios o tempo todo.

- segundo, as mulheres tão exigentes demais, não tão não?
querem um cara que pague as contas, mas seja feminista. que seja másculo, mas com alma sensível; que compreenda todas as idiosincrasias do ser feminino e abra mão das que ele tem; que seja boa pinta, mas não gaste tempo se preocupando com isso. e por aí vai.
é muita exigência pra fazer a alguém.
é pedir uma revisão exagerada do papel masculino, ao mesmo tempo que não abrem mão do príncipe encantado.

posso te dizer que as dificuldades são as mesmas.
tá todo mundo se estranhando e ninguém com vontade de dar o braço a torcer.



*

marcia disse...

ora, Grazi, como se vc não fosse linda, querida e inteligente.

o amor é mais que isso.
é mais que uma data e é mais que uma procura.
o amor a gente não procura e não espera.
o amor acontece.
quando acontece, é a sensação de estar em casa.
vc já teve a sensação de estar em casa com alguém? ou de ser a casa de alguém?

Maira disse...

Grazi, hoje de manhã vinha caminhando no centro e pensando no tema. Louca para destilar comentários com alguém hehe...Detesto essas datas, pois viraram uma febre comercial. Vi uns três entregadores com arranjo de flores (rosas vermelhas, indefectivelmente) e papelzinho levando para alguma namorada incauta... A essa hora da manhã! É tudo tão clichê! Lojas cheias, gente se matando para comprar presentes de última hora. Minha irmã presenciou a seguinte cena:(Ele)- Mor, então vc gostou?
(Ela)- (faz cara de quem tá nem aí)Ahãn
(Ele)- Então posso te dar de presente?
(Ela)- ... (já olhando outra coisa)

Aiaiaiai, o mundo tá perdido mesmo... hehehe
bjs (Obs: antes só que mal acompanhada!)

Augusto disse...

falar de amor sempre é complexo, complicado, implicante.

viver o amor sempre é dolorido, eufórico e alegre, tudo assim, ao mesmo tempo.

concordo com o sean: és bela, muito bela.

concordo com a márcia: amor é ser a casa de alguém, ou alguém ser a tua casa.

mas nada do que vivamos será capaz de decifrar os mistérios desta coisa que apavora e seduz.

Val disse...

grazi, tu é uma pessoa linda!! tem um sorriso maravilhoso, é querida, inteligente e uma amigona... não é propagando eleitoral não. eu tb não entendo pq estamos sozinhas. mas, sinceramente, estou chegando a conclusão de que os homens não prestam. parece bobagem, mas ´quem não tem uma história de um cafa pra contar atire a primeira pedra. será que eu sou tão troxa em acreditar no amor??? em ser sincera??? não sei, mas vou partir do pressuposto que sim... e o pior de tudo é pensar assim: será que o problema sou eu? o que eu fiz de errado? isso tudo é um mistério!! homens, humpf, quem os entende??

Val disse...

oh, recebi da anna e achei ótimo:
Amor

Mario Quintana



Para meus amigos que estão...

Solteiros.



O amor é como uma borboleta.

Por mais que tente pegá-la, ela fugirá.

Mas quando menos esperar,

ela estará ali do seu lado.

O amor pode te fazer feliz, mas

às vezes também pode te ferir.

Mas o amor será especial

apenas quando você tiver o

objetivo de se dar somente a um alguém

que seja realmente valioso.

Por isso, aproveite o tempo livre

para escolher.



Para meus amigos

NÃO SOLTEIROS.



Amor não é se envolver com a

"pessoa perfeita", aquela dos nossos sonhos.

Não existem príncipes nem princesas.

Encare a outra pessoa de forma

Sincera e real, exaltando suas qualidades,

mas sabendo também de seus defeitos.

O amor só é lindo, quando encontramos

alguém que nos transforme no melhor

que podemos ser.



Para meus amigos que gostam de...

PAQUERAR.



Nunca diga "te amo" se não te interessa.

Nunca fale sobre sentimentos se estes não existem.

Nunca toque numa vida, se não

pretende romper um coração.

Nunca olhe nos olhos de alguém,

se não quiser vê-lo se

derramar em lágrimas por causa de ti.

A coisa mais cruel que alguém pode

fazer é permitir que alguém se

apaixone por você, quando você não pretende

fazer o mesmo...



Para meus amigos...

CASADOS.



O amor não te faz dizer "a culpa é",

mas te faz dizer "me perdoe".

Compreender o outro, tentar sentir a diferença,

se colocar no seu lugar.

Diz o ditado que um casal feliz é

aquele feito de dois bons perdoadores.

A verdadeira medida de compatibilidade

não são os anos que passaram juntos,

mas sim o quanto nesses anos,

vocês foram bons um para o outro.



Para meus amigos que têm um

CORAÇÃO PARTIDO.



Um coração assim dura o tempo que

você deseje que ele dure,

e ele lastimará o tempo que você permitir.

Um coração partido sente saudades,

imagina como seria bom,

mas não permita que ele chore para sempre.

Permita-se rir e conhecer outros corações.

Aprenda a viver, aprenda a amar as pessoas

com solidariedade, aprenda a fazer coisas boas,

aprenda a ajudar a própria vida.

A dor de um coração partido, é inevitável,

mas o sofrimento é opcional.

E lembre-se: é melhor ver alguém que você

ama feliz com outra pessoa,

do que vê-la infeliz ao seu lado.



Para meus amigos que são...

INOCENTES.



Ela(e) se apaixonou por ti, e você não

teve culpa, é verdade.

Mas pense que poderia ter acontecido com você.

Seja sincero, mas não seja duro;

não alimente esperanças, mas não seja crítico;

você não precisa ser namorado(a),

mas pode descobrir que ela(e) é uma ótima pessoa,

e pode vir a se tornar uma(um) grande amiga(o).



Para meus amigos que têm

MEDO DE TERMINAR.



Às vezes é duro terminar com alguém,

e isso dói em você.

Mas dói muito mais quando alguém rompe contigo,

não é verdade?

Mas o amor também dói muito quando ele

não sabe o que você sente.

Não engane tal pessoa, não seja grosso(a) e rude

esperando que ela(e) adivinhe o que você quer.

Não a(o) force terminar contigo,

pois a melhor forma de ser respeitado é respeitar.

E a melhor forma de respeitá-la(o)

é sendo verdadeiro(a)e sincero(a).

Lembre-se... o tempo passa e não volta atrás;

não adianta dar murro em ponta de faca...



Pra TERMINAR.......



Eterno, é tudo aquilo que dura uma

fração de segundo, mas com tamanha intensidade,

que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata...

"Somos donos de nossos atos, mas

não somos donos de nossos sentimentos;

Somos culpados pelo que fazemos,

mas não somos culpados pelo que sentimos;

Podemos prometer atos, não podemos

prometer sentimentos...

Atos são pássaros engaiolados...

Sentimentos são pássaros em vôo".
bjocas

Graziana disse...

Sean
Tinha tanto assunto pra abordar que o texto acabou ficando imenso mesmo...mas teu comentário não fica atrás...

Ha! Isso é uma brincadeira que sempre fazemos, eu e as gurias, dizendo que não somos padrão de beleza das capas de revista...
É que o assunto está presente sempre na roda de amigas, me inspirei em nossas conversas pra escrever...
Não pretendia elogios com o texto , mas claro, gostei dos que recebi ;)
Mas os elogios não são tantos assim como vc diz...

Concordo que as mulheres estão exigentes demais. Algumas mais que as outras,talvez.
As dificuldades são as mesmas mesmo, talvez os homens também estejam exigindo demais...
Eu não procuro príncipe encantado, nem peço revisão do papel masculino...


Marcia
Obrigada ;)
Concordo com você - o amor é mais que uma data e também concordo que ele acontece...
sim, a sensação de estar em casa, de ser casa de alguém é maravilhosa ;)

Maira - Estas datas geram muitas discussões mesmo - o amor é mais que isso como disse a Marcia!

Augusto - quanta inspiração!
Sim a Marcia e suas sábias palavras, concordo com ela também!

Val - obrigada pelos elogios, vc também é tudo isso! Talvez estejamos exigentes demais, vai saber né ;)
Obrigada pelo texto!

Ana disse...

Pois é...
As mulheres andam, mesmo, "desconfiadas da sorte", tentando entender o que está acontecendo...
Gostei muito,de tudo o que escreveste, de um jeito bem humorado e verdadeiro! E acho que estás certa nisso: "Só não consigo me incluir no grupo – solteira procura"!!Hehehe!!

Graziana disse...

Ana - Legal vc falar no texto, bom que gostou!
Me diverti muito escrevendo ele, aliás, tenho gostado cada vez mais de escrever por aqui e de ter tantas pessoas que gosto me lendo...

ederson disse...

e eu passei o dia acompanhado. mas disse que não queria nada de troca de presentes, que acho uma bobagem. assim, além de não participar dessa orgia maníaco-comercial, poupei vários reais.
participei de outro tipo de orgia, mas isso é outra coisa...

Augusto disse...

não posso deixar de registrar aqui o meu ataque de risos após ler o comentário do ederson sobre as orgias do dia 12. huahuahuahua.