"É melhor ser alegre do que triste, alegria é a melhor coisa que existe!"

quarta-feira, maio 09, 2007

de volta aos anos 80

Fui comprar o presente dos dias das mães e descobri um show de graça do Lobão na Saraiva do Praia de Belas ontem (08/05/07)
Ele estava lá divulgando o dvd acústico mtv, comemorando seus 25 anos de carreira.
Fui, nunca fui fã, nunca gostei do jeito que ele canta berrando, mas era uma oportunidade de vê-lo ao vivo e de graça. Foi interessante, fãs cantando as músicas, que nem eu mesmo sabia que eu sabia de cor, tirando fotos, correndo atrás dele por um autógrafo. Lobão é um cara que construiu uma imagem irreverente, consegue sustentar isso. Continua criticando todo mundo, inclusive o Lula, claro, a bola da vez. Parece que faz questão de ser mal educado, porque as pessoas continuam aplaudindo o que ele diz e faz. Mas foi interessante, apesar de estar com a coluna torta e ter de ficar por uma hora de pé para assisti-lo, foi divertido.
Se não fosse aquela tecnologia toda de máquinas digitais e celulares fotografando, poderia ter me transportado para os anos 80. Foi até nostálgico.Lobão continua o mesmo e canta as mesmas coisas. Apresentou as mesmas músicas de sempre.Tem o mesmo estilo, a mesma cara. Cantou: Essa noite não, A queda, Radio blá blá, Me chama, Corações Psicodélicos, A vida é doce, Decadence avec Elegance, uma música que escreveu quando tinha usn 17 anos, interessante, chamada O mistério, entre outras.
A surpresa do show foi o cara do violão que faz parte de sua banda, só sei que ele é baiano e se chama Lúcio, simplesmente arrebentou no violão, muito bom.
Lobão conversou bastante com o público e até disse que suas letras são tristes, mas são boas. Como ele mesmo falou: "As pessoas acham que coisas tristes não são legais porque assistiram a Xuxa por muito tempo" - esta até eu aplaudi.

9 comentários:

Sean Hagen disse...

*



eu gosto dele, muito.
faz um som mais sujo, mais rock mesmo, poucos fazem isso por aqui.
mas também copôs belas baladas.
Me Chama é clássica pra mim.

vc só viu as antigas porque esse é o formato do acústico. mas ele tá bem diferente do Lobão de ante.

confesso que gosto mais do Loão antigo.



*

Rosamaria disse...

o Lobão não tá entre os dez mais pra mim, mas tem músicas dele que eu gosto.

katinewalmrath disse...

Bah! Gosto bastante do Lobão. A impressão que tenho dele é de um cara corajoso e inteligente.
E gosto das músicas que ele fez. As antigas, que são as que conheço.
Fora um tropeço ou outro, talvez excesso de rebeldia, o que o faz absolutamente humano, mas acho que ele soube se renovar também.
Adoraria ter visto ele.
Fiz uma viagem com este teu post, Grazi.

Zé disse...

Que legas! Lobão ao vivo, de graça e falando mal do Lula!
Quando for comprar o próximo presente, me convida pra ir junto, sou parceiro!
Bjus. Vem sexta! Vai estar frio, já te disse.

ederson disse...

hahahah... essa da xuxa é ótima...

fiquei sabendo do show só minutos antes, uma pena, queria ter visto. Lobão é bacana.

marcia disse...

a voz dele é quente. :D

Lu disse...

Bah, que presente hein? Foi comprar um livro e ganhou um show de grátis... hehehehe. Perdi. Gosto muito do Lobão, mais antigamente que agora.

Arnaldo disse...

Eu gosto mais do Lobão do que da sua música. Em geral, concordo com as posições que ele defende e de como tenta desmascarar o mercado fonográfico. Mas não tenho muita paciência pra música que ele faz. Sei lá. Me dá um pouco de sono.

maristela bairros disse...

Grazi, hoje tô na sessão memória (ver post no blog do sean ...) e vou te contar uma microhistorinha (*mentira, é grande!) Eu, quando era jovem (faz tempo) mamãe, costumava passar as férias em Laguna. Aí, houve uma vez um verão que inventaram o tal de Rock Laguna, imitação do Rock in Rio. Entre os reis presentes, Lobão. Um dia, tô eu puxando filho pela mão, rumo às areias e às então águas limpas do Mar Grosso, e dou de cara com quem, com quem????? Sim. Ele. Lobão. De batinha branca. Calça branca. Pé descalço. Óculos escuro (quem não tem colírio, dizia tio Raulzito)e de mãozinha com uma quase criancinha, que era a nomorada dele aquela, prima, de 13 anos, que foi o maior woody allen da ocasião. Enfim. Nunca vi Lobão ao vivo. Já me esgoelei muito cantando as coisinhas dele. Há uns três anos, me dei o trabalho de ir ouvir uma "palestra" dele na Usina do Gasômetro. Lula já estava lá, no trono. Pois ele estava bem querido com o tio, na época. Agora, deve estar mais revoltadinho que antes.
Coisas do Lobão, um velho roqueiro. Quer saber? Prefiro o Sergei, saca?
beijo grande
saudades
maristela
ps: tô te linkando