"É melhor ser alegre do que triste, alegria é a melhor coisa que existe!"

sexta-feira, abril 04, 2008

Exagerado!

Cazuza faria 50 anos hoje, 04 de abril. Sempre gostei das suas musicas e tenho uma historia bacana com uma delas. Isso deve ter acontecido ha uns 14 anos, quando eu tinha 13, eu acho. Cresci no meio dos meus tios, escutando rock nacional e gostando cada vez mais de musica popular brasileira. Assim como gosto de musica, gosto de cozinhar, entao sempre procuro ouvir musica, enquanto cozinho. Pois bem , foi num destes dias em que eu cozinhava, ao som de Codinome Beija Flor, que meu vizinho, que tinha (e tem) idade dos meus tios, me chamou no muro que separa nossas casas e pediu que eu aumentasse o som, pois aquela era a sua musica predileta, achei engracado, mas fui la coloquei a musica para repetir e aumentei o som. Desde entao, sempre que escuto Codinome Beija Flor, aumento o som, para que ele tambem possa escutar.

Pensei em colocar a letra de Codinome Beija Flor, mas preferi colocar outra, que tem tocado mais no meu radio.
Quando a gente conversa
Contando casos besteiras
Tanta coisa em comum
Deixando escapar segredos
E eu nem sei em que hora dizer
Me da um medo ( que medo )
É que eu preciso dizer que eu te amo
Te ganhar ou perder sem engano
É eu preciso dizer que eu te amo
Tanto
E ate o tempo passa arrastado
Só pra eu ficar do teu lado
Voce me chora dores de outro amor
Se abre e acaba comigo
e nessa novela eu não quero ser teu amigo
É que eu preciso dizer que eu te amo
Te ganhar ou perder sem engano
Eu preciso dizer que eu te amo
Tanto
Eu ja nao sei se eu to misturando
Ah, eu perco o sono
Lembrando em cada riso teu qualquer bandeira
Fechando e abrindo a geladeira a noite inteira
É que eu preciso dizer que eu te amo
Te ganhar ou perder sem engano
É eu preciso dizer que eu te amo
Tanto
Quando a gente conversa
Contando casos besteiras
Tanta coisa em comum
Deixando escapar segredos
Eu nao sei em que hora dizer
Tenho medo
É, que eu preciso dizer que te amo
Te ganhar ou perder sem engano
Eu preciso dizer que eu te amo
Tanto
E até o tempo passa arrastado
Só pra eu ficar do teu lado
Voce chora dores de outro amor
Se abre e acaba comigo
E nessa novela baby eu não quero ser teu amigo
Não
E que eu preciso dizer que te amo
Te ganhar ou perder sem engano...
E que eu preciso dizer que te amo
Eu ja não sei se eu tô misturando..
Ah eu perco o sono...
Lembrando em cada riso teu qualquer bobeira...
(Preciso dizer que eu te amo)

7 comentários:

Lu disse...

Pois é... tb gosto muito do Cazuza e lá em casa sempre escutamos as músicas em volume um tanto quanto alto. Lembro que quando morávamos no quarto andar lá, o Jefferson colocava o som a todo volume quando ele estava sozinho (e num horário normal...heheheh). Aí a gurizada pra encher o saco dele começava a cantar as músicas dele bem embaixo da nossa janela. A que eles adoravam cantar era: "Ideologia, eu quero uma pra viver..." hehehehe
Velhos tempos, mas o gosto pela música do cazuza continua o mesmo: eterno, como ele.
Bjs

Susana disse...

Oi, linda!! Como estás? Codinome também é a minha música! A-D-O-R-O!!! Mas teu uma que combina mais com minha vida que é Exagerado. É sempre tudo ou nada... Bjs

P.S.: Temos mais coisa em comum, adorar cozinhar.

P.S 2.: Sou mais velha que tu, agora vai ter que me chamar de tia Su. :P

Sean Hagen disse...

*


lembro que pintava uma rivalidadezinha entre os fãs de cazuza e do de renato russo.
na época, russo levava a melhor.
olhando a obra dos dois hoje, cazuza tem uma consistência que o outro não tem: no lirismo da poesia, na universalidade dos sentimentos, na burilação das frases.

russo será um eterno adolescente iconoclasta, pólvora pra quem tem 20 anos - e merecidamente.
cazuza se inscreve entre os grandes nomes da mpb.



*

Zé disse...

Cazuza e seus hinos dos anos 80. Ele foi e eles ficaram. Ficarão.
O tempo não pára, Grazilinda.
Bjus
PS.: Tô quase nos 50tinha menina! hehehe

adam brown disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

Ana disse...

Muito bom "ler" Cazuza, esquecendo da música, da melodia...

maristela disse...

pena que não valorizou a vida e todo o talento que tinha e se matou do jeito mais absurdo que poderia ter feito. faz falta demais ele. não perdôo.
bj