"É melhor ser alegre do que triste, alegria é a melhor coisa que existe!"

quinta-feira, junho 11, 2009

Namorados...

Há alguns anos atrás escrevi um texto aqui sobre o dia dos namorados, sobre estar solteira há muito tempo. Foi um texto engraçado, de desabafo mesmo, porque realmente eu estava há muito tempo solteira. E quando a gente esta há muito tempo solteira começa a se sentir sozinha, insegura, vê os casais juntos e pensa porque também não pode estar feliz com alguém...
Neste dia dos namorados veio então a vontade de escrever de novo, sobre o tema, mas com outro olhar, agora falando sobre o amor. Sim, o amor.
Depois de tanto tempo sozinha tive a felicidade de encontrar a pessoa que sempre busquei e desde que a encontrei passei a acreditar em amor, amor de verdade, que pode crescer e muito, mesmo que a gente não esteja na mesma cidade.
Há dois anos e meio namoro um carioca que me faz feliz demais.
Às vezes as pessoas não entendem como a gente consegue namorar a distancia, dizem sempre que no meu lugar não agüentariam, teriam ciúme, etc...
Ouvi isso mais de uma vez e é claro que vou continuar ouvindo, mas sempre respondo, que quando a gente encontra aquela pessoa que a gente realmente ama, suporta distancia, saudade, tudo, porque sabe que é com aquela pessoa que a gente quer dividir a vida.
Dividir tudo, ser feliz e triste, fazer parte da rotina e saborear o amor junto.
Quando a gente encontra a pessoa que quer ter ao lado pra sempre, a gente tem vontade de nunca mais desgrudar, de acordar e dormir junto todos os dias, enfim, quer dividir tudo com ela. E por muito tempo não acreditei que um dia eu encontraria uma pessoa que fizesse eu realmente sentir essa vontade de dividir a vida. Já estava descrente do amor.
Mas como diz uma amiga, eu não estava pedindo direito pro universo. Talvez não era isso que eu estava querendo até então. Só sei que agora sou tão feliz como nunca fui, graças a esse amor.
E eu desejo que todas as pessoas encontrem alguém pra amar, desta forma livre e feliz, que não se sinta aprisionados, mas cada vez com mais vontade de se unir ao outro. Que possam viver cada segundo de um amor de verdade e que aproveitem cada segundo junto do outro. A distancia me ensinou muitas coisas, uma delas é que a vida é o agora e que temos que vivê-la da melhor forma.
Não foi ainda neste ano que conseguimos passar o dia dos namorados juntos como gostaríamos, mas mesmo a distancia, este é mais um dia dos namorados que posso dizer que será feliz, não como seria se estivéssemos juntos, mas sim porque encontrei aquele com quem quero dividir a vida, pra sempre.




3 comentários:

cida disse...

É isso aí, grazi. Seria bom que muitas pessoas se permitissem viver um amor, que não diminui em nada com a distância física, mas talvez por medo de se entregarem podem passar a vida buscando.
Felicidades para quem tem coragem de se entregar.
um abraço

Rosamaria disse...

Quando é amor pra valer a distância não atrapalha.
Que a partir do ano que vem vocês possam passar juntos este dia.
Bjim.

Lu disse...

A distância é bom pra quando se encontram de novo....aiaiaiaiaia!!!!
Bjs!